terça-feira, 29 de novembro de 2016

QUEM BRINCA ASSIM COM NOSSA VIDA?





Qual o caminho do sucesso?
3 mil km?
uma partida de futebol?
um avião no chão
nunca mais o drible seco, o chute certeiro
a defesa aos 48 do segundo tempo com o pé
o título misturado aos restos de bagagem e corpos
pelo chão
Vai Kempes, chuta!
Corre Ananias, lança rápido!
Grita para o infinito a voz rouca do Caio Jr.
Qual o caminho do sucesso?
quantas vidas por um título!
quem traçou a rota da viagem!
porque pra tão longe?
longe dos amores
dos gritos de gol
do abraço de comemoração
do beijo suado no rosto amigo
Qual o caminho do sucesso?
Qual o caminho da vida?
Quem decide a forma de lhe levar na ultima viagem?
Como se escolhe a hora da ida
no mesmo dia do sucesso
Quem brinca assim com nossa vida?

terça-feira, 22 de novembro de 2016

MARACANAÚ RECEBE FESTIVAL NACIONAL DE TEATRO DE RUA DO CEARÁ

O Festival Nacional de Teatro de Rua do Ceará chega, enfim, à sua terceira edição, que será realizada de 23 a 27 de novembro de 2016. Iniciado em 2013, o FNTR foi idealizado para acontecer em Maracanaú e em cidades da região metropolitana de Fortaleza, masfoi apenas na primeira edição que conseguiu realizar-se em outras cidades, como Pacatuba e Maranguape. O Festival continua graças à insistência e resistência dos grupos Garajal e Pavilhão da Magnólia, que juntos vêm construindo e atraindo parceiros para que o evento não deixe de acontecer. 
Assim como na segunda edição em 2015, o evento vem esse ano com parcerias de dois festivais importantes do estado do Ceará, o Festival Popular de Teatro de Fortaleza (FEPTEF), realizado pela Cia Prisma de Artes e que chega à sua sétima edição, e o internacional Festival de Circo, Bonecos e Artes de Rua dos Inhamuns realizado pelo Grupo Art Jucá da cidade de Arneiroz (CE). 
A novidade do ano de 2016 foi que, desde o início da produção para essa edição, todas as atividades dos três festivais foram pensadas e realizadas conjuntamente, no sentido de criar uma articulação e uma série de ações cooperadas para potencializar as atividades e minimizar os custos diante da crise que vivem todos os festivais de artes cênicas do Brasil. Nesse ano, contamos mais uma vez com o importante apoio cultural da Secretária da Cultura do Ceará - SecultCe, através do Edital de Demanda Espontânea. 
Assim, conseguiremos, em duas semanas, realizar três festivais e movimentar toda uma cadeia de artistas e técnicos, garantindo uma agenda cultural pulsante para a cena teatral do país. A escolha dos grupos para essa edição se deu partir de inscrições realizadas pela plataforma lançada pelo FEPTEF, por convites e parcerias através de uma curadoria executada pelos dois grupos realizadores. Dessa forma, segue lista com a programação do III Festival Nacional de Teatro de Rua do Ceará.

Com uma Mostra de espetáculos, shows, performances,oficinas e seminário, a terceira edição do FNTRUA-CEtem como objetivo valorizar os artistas e reconhecer o espaço aberto como local de criação, expressão e encontro. Além disso, pretende fortalecer a ideia de levar apresentações gratuitas à população e garantir a permanência do FNTRUA-CE no circuito nacional de festivais, mostrando ao grande público as maiores referências do Teatro de Rua do Ceará, do Brasil e da América Latina. Com foco no intercâmbio de grupos e coletivos de rua, o festival oferece uma programação diversificada, visando estimular um novo olhar sobre o Teatro de Rua local e nacional, pensando também nas suas responsabilidades com os espaços abertos das cidades. Até aqui, já passaram grupos de Goiânia-GO, São Paulo-SP, Londrina-PR, Fortaleza-CE, Itapipoca-CE, Quixeré-CE e Rosário-Argentina.
Nesta edição, receberemos três grupos nacionais, Grupo Ueba (RS), Cia Pão Doce de Teatro (RN) e Cirquinho do Revirado (SC). Cinco grupos cearenses, Nóis de TeatroColetivo Rei LealOs Pícaros Incorrigíveis eSilvia Moura (Fortaleza/CE) eArt Jucá (Arneiroz/CE) e uma coprodução internacional: Los Patos Mojados e Dona Zefinha (ARG/CE). A programação acontece na Praça do CDL e Calçadão do Jereissati, na Praça Valdemar de Alcântara (na Avenida Central) e na sede do Grupo Garajal, de 23 a 26 de novembro.
No dia 27, a conexão Fortaleza chega ao Centro, na Praça José Bonifácio e naCena Casarão, sede do Grupo Pavilhão da Magnólia. O Teatro de Caretas, Cia Prisma de Artes(Fortaleza/CE) e Grupo Garajal (Maracanaú/CE) são os grupos que se apresentam.

SERVIÇO: 
III Festival Nacional de Teatro de Rua do Ceará – FNTRUACE
De 23 a 26 de novembro, em Maracanaú - Praça do CDL e Calçadão do Jereissati, 
Praça Valdemar de Alcântara na Av Central e sede do Grupo Garajal.
Dia 27 de novembro,em Fortaleza - Praça José Bonifácio e Cena Casarão.
Programação Gratuita 
Informações Gerais: fntruaceara@gmail.com
Jota Junior Santos (Comunicação): 85 98819 5646/ 85 99690 7906

Redes sociais:

Entrevistas:
Mario Jorge Maninho: (85) 99905 4155
Nelson Albuquerque: (85) 98607 5502

Link Fotos espetáculos que compõe a programação:

Links vídeos-teasers espetáculos que compõem a programação:
A CasatóriaC'a Defunta - https://www.youtube.com/watch?v=ZzajZUCF7n4
As Aventuras do Circo à Vela - https://www.youtube.com/watch?v=Tvm-a4LS1d8
Corpo x lixo  x cidade – https://www.youtube.com/watch?v=UCsdstS1VtY
Todo camburão tem um pouco de navio negreiro

Endereços:
·         Praça CDL 
Av. III – Jeireissati I – Maracanaú-CE
·         Praça Waldemar de Alcantâra
Av. Central – Jereissati I - Maracanaú-CE
·         Calçadão 
Av. Sen. Carlos Jereissati, S/N - Maracanaú-CE
·         Sitio Mãe Sília
Rua José FcoAraujo – Maracanaú-CE
·         Sede Garajal
Rua 18, No. 119 – Jereissati I - Maracanaú-CE
·         Praça José Bonifácio
Rua Antonio Pompeu, S/N – Fortaleza-CE
·         Cena Casarão
Rua Floriano Peixoto No. 1437- Centro – Fortaleza-CE

Ficha Técnica:
Realização: Pavilhão da Magnólia e Grupo Garajal
Articulação: Mario Jorge Maninho 
Coordenação Técnica: Nelson Albuquerque 
Apoio Técnico: Henrique Rosa e Sudailson Kennedy 
Produção: Flávia Cavalcante, Jota Jr. Santos e Silvianne Lima
Assistentes de produção: Alessandra Eugenio, Angélica Gadelha, Arnaldo Moura, Beethoven Cavalcante, Denise Costa, Eliel Carvalho, Gabi Gomes, Germana Cavalcante, Lívia Nogueira, Lu Nunes e Paula Freitas
Design gráfico: Quintal Estúdio de Criação 
Fotos: Carol Veras 
Cerimonialista: Rayane Mendes

Sobre o Pavilhão da Magnólia:
Surgido em 2005, o Pavilhão da Magnólia é um dos expoentes grupos de teatro de Fortaleza, com uma prática voltada para ações que movimentam a cena cultural da cidade. Com produções para o palco e a rua, para o público adulto e o infantil, o Pavilhão produziu espetáculos como: “A revolta das coisas” (2005), “O pássaro azul” (2008), “Pétalas” (2009-2016), “Festa” (2012), “Baldio” (2015) e ”Urubus” (2016). Além dos espetáculos, festivais e atividades formativas, o coletivo tem em seu histórico a revitalização de dois espaços culturais na Capital: o Teatro Universitário Paschoal Carlos Magno (TU) e o Teatro Carlos Câmara (TCC), este último com o projeto “Centro em Cartaz”.Realiza com o grupo Garajal, em Maracanaú,o Festival Nacional de Teatro de Rua, que chega à 3ª edição, em 2016.Com 11 anos de estrada, o grupo Pavilhão da Magnólia passa a sediar um espaço na região central da cidade de Fortaleza - uma parceria com 03 grupos importantes, são eles: Grupo Expressões Humanas, Grupo Teatro de Caretas e Cia Prisma de Artes. O CENA CASARÃO abrigará uma série de ações culturais públicas que irá potencializar seu entorno, tornando-se um espaço de fruição, fomento e formação, sendo um centro teatral da cidade.



Sobre o Grupo Garajal:
O Instituto Garajal de Arte e Cultura Popular, o Grupo Garajal, nasceu em 2003 durante os cursos de capacitação em técnica teatral, montagem de espetáculo e artes circenses na cidade de Maracanaú, Ceará. Os jovens que participaram dessas capacitações sentiram necessidade de dar continuidade à arte do teatro de rua e, assim, criaram o grupo, que tem foco no processo de valorização da memória da cultura popular, na figura do palhaço, nas técnicas circenses e nos processos formativos culturais de jovens para a efetivação da formação de plateia. O grupo também é um ponto de cultura e vem promovendo formações artísticas na cidade com o projeto Permeio: Na Escola de Teatro Renasce uma Cidade. Em 2014, realizou circulação nacional através do projeto Palco Giratório com o espetáculo “Romeu e Julieta, o encontro de Shakespeare e a cultura popular”.




Programação Completa:

Dia 23/11 (quarta)

Praça CDL -  Jereissati
16h30Urubus
Grupo Pavilhão da Magnólia e Cia Prisma de Artes (CE)
Transpirado do texto O Palácio dos Urubus, de Ricardo Meirelles, devorando sua problemática poética-política, assumimos aqui uma ação para o nosso tempo, uma espécie de agitprop da perplexidade.Esta peça quer pensar o insidioso e estúpido ódio atual. Sejam bem-vindos à corte real! Mas saibam de uma vez que: O rei morreu!!!

Sede do Grupo Garajal
19h: Cerimônia de Abertura do Festival
20h: Lançamento dos livros:
-  “Teatro de Rua – Discursos, Pensamento e Memórias em Rede” Organização: Vanéssia Gomes (CE), LickoTurle, Jussara Trindade (RJ)
- "Artes da Enganação"deOrlângelo Leal (CE)
21h – Coquetel + Forró com Fulô da Terra 

Dia 24/11 (quinta)

Sede do Grupo Garajal
10h: Seminário/Roda de Conversa com Fernando Yamamoto (RN), Hector Briones (CHI - CE), Vanéssia Gomes (CE) e Orlângelo Leal (CE)

Praça Waldemar de Alcantâra
19h: As aventuras do Fusca a Vela – Grupo Ueba (RS)  
O velho Ismael conta e experimenta sua história através do seu fusca, transformando o carro em uma embarcação, conduzindo o espectador a viajar com seus devaneios. Delírios de um homem experiente que viu de perto a fúria de uma vingança. O jovem Jonas, nome inspirado no profeta Jonas que foi engolido pela baleia, entra na história ao jogar uma bola contra o fusca e assim chamar a atenção do velho Ismael.

20h: Da Silva: El Hijo de las Americas – Patos Mojados e Dona Zefinha (ARG/CE) 
A peça conta a história de Juan Perez Da Silva, que, cansado de sua rotina de trabalhar como escravo para o Dono da Grana, decide sair do emprego, largar seu lugar de conforto que o aprisiona, para tentar compreender o sentido da vida. No caminho, encontra vários personagens da cultura popular latino-americana, ícones, mártires e mitos, que vão aos poucos mostrando a verdadeira história jamais contada, dando-lhes conselhos e saberes que serão úteis na jornada.

Sede do Grupo Garajal
22h: Garajal de Portão Aberto
Trupe Carrapicho (CE) / Coletivo Paralelo (CE) /Os Dezequilibrados (CE)
Um convite para adentrar a sede do Grupo Garajal, projeto que recebe artistas, coletivos e público numa celebração que conta com apresentação de gags, números, narrativas e jogos cômicos,numa noite voltada para a palhaçaria de Maracanaú;

Dia 25/11 (sexta)

Sítio Mãe Sília 
10h: Vivência/intercâmbio 

Calçadão
17h: Corpo Lixo e Cidade – Silvia Moura (CE)
Cato LIXO na CIDADE e os transformo em CORPO para não fazer do CORPO mais um LIXO, construo a CIDADE. Corpo-lixo-cidade é uma interferência que habita e redesenha pessoas e arquiteturas das cidades. Um trajeto urbano traçado pelas relações da performer com o lixo encontrado que faz da CIDADE uma permanência para não deixar o CORPO virar LIXO.

Praça Waldemar de Alcantâra
18h: A Farsa da Cuviteiro – Art Jucá (CE) 
Em Olinda, reino de Baco a beira do mar, a mulher mais bela do mundo sai uma única vez por ano à janela durante o carnaval – e canta. A oeste dali nosInhamuns, uma légua de onde Judas perdeu suas botas, um Jovem-Senhor-Conde padece de amores por ela – e chora. Uma junta dos melhores médicos do mundo dá por perdida a causa. Então, entra na estória o cabinha mais traquina de nossa cultura popular: Malazartes!

19h: A Casatória c'a Defunta - Cia Pão Doce (RN)
De modo lúdico e divertido, a peça conta as peripécias de quem já partiu desta vida para uma melhor e dos que ainda respiram por esses ares. Cinco atores em “pés-de-banco” levam a magia para as ruas a partir da história do medroso Afrânio, que está prestes a casar-se com a romântica Maria Flor, mas acidentalmente casa-se com a fantasmagórica Moça de Branco, que o conduz para o submundo. Lá, o jovem fará valorosos amigos e aprenderá uma grande lição. Mesmo assim, Afrânio está disposto a não desistir do seu amor verdadeiro, ainda que isso lhe custe à própria vida.

20h: Todo Camburão tem um pouco de navio negreiro – Nóis de Teatro (CE) 
Dividido em três atos, o espetáculo conta a história de Natanael, um “anti-herói” que nasce na periferia, vive inserido num sistema de opressão e violência e, aos 18 anos, resolve entrar para a polícia militar. Trata-se de uma dramaturgia épica, na qual o ator-narrador é o grande foco, numa espécie de “tragédia afro”, com elementos alegóricos e representativos do universo do movimento negro no Brasil e no mundo, além de múltiplas referências à mitologia dos Orixás.
Sede do Grupo Garajal
22h: Garajal de Portão Aberto
Caixa de Sapatos - Retalhos Produções
Festa do Karaokê


Dia 26 (sábado)

Praça Waldemar de Alcantâra
19h: Júlia – Cirquinho do Revirado (SC)
Júlia, uma mulher das ruas, vem chegando. Palheta, seu fiel escudeiro, é quem a conduz. Na bagagem, coisas do mundo, coisas da vida, tantas coisas. Entre realidade e ilusão há uma linha muito tênue, onde uma mulher sem pernas seria capaz de rodopiar. Esta dupla errante gira o mundo ou é o mundo quem os gira? Excluídos pelos excluídos, dizendo-se donos dos restos de um circo incendiado, Júlia e Palheta “se viram”. Não é fácil ter pernas!

20h: O Auto do Rei Leal – Coletivo Rei Leal (CE)
A partir da obra de William Shakespeare, conta a história do cego Leal que, cansado de suas obrigações, decide dividir seu reino com as três filhas. A partir daí, desenrolam-se situações cômicas e trágicas, com ingredientes regionais.

Encerramento – Sede Grupo Garajal
21h: Devorando Heróis – A tragédia segundo os Pícaros -  Os Pícaros Incorrigíveis (CE)
No melhor espírito carnavalesco, a montagem/ folia teatral encena as trágicas histórias de dois heróis da Grécia Antiga: Prometeu e Ájax. 

22h: Show - A Mulher Barbada e Os Caixeiros Viajantes (CE)

Conexão Fortaleza 

Dia 27/11 (domingo)

Praça José Bonifácio
17h: Final da tarde – Teatro de Caretas (CE)
Final da Tarde propõe uma experiência de atuação cênica baseada no detalhe da interpretação, no qual proximidade e intimidade entre transeuntes e atores são os elementos centrais. Um aspecto importante é que os transeuntes não serão previamente informados da peça. Não há palco nem formalidades de início e fim.

Cena Casarão
18h: As Aventuras de João Sortudo – Cia Prisma de Artes (CE)
Baseado em um conto popular de domínio púbico, o espetáculo conta as peripécias passadas por um jovem que, após sete anos numa fazenda, volta para a casa da mãe. No caminho, diversas situações ocorrem, fazendo da experiência vivida uma possibilidade de aprendizagem.

Praça José Bonifácio
19h: Circo Alegria – Grupo Garajal (CE)
Uma trupe mambembe vai para uma praça exibir seu espetáculo. Números de acrobacias, pernas de pau e malabares mostram as principais peripécias de palhaços que, em diversas situações levantadas durante o espetáculo, revelam detalhes do mundo circense.

Cena Casarão
20h: Encerramento Festival em Fortaleza –Bailão







Área de anexos
Visualizar o vídeo A Casatória C'a Defunta - Cia. Pão Doce de Teatro do YouTube
Visualizar o vídeo A FARSA do CUVITEIRO | Juká de Teatro do YouTUVIT

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Semana Cultural com Festival de Teatro de Rua

1. A FLIP vai homenagear o escritor Lima Barreto em 2017. A obra de Lima Barreto é marcada pela sátira e por dar voz a personagens marginalizados. Negro, pobre, interno em manicômios, ele próprio era um marginalizado.
     Em 2017 a FLIP acontecerá no fim de julho, entre os dias 26 e 30, para aproveitar as férias escolares;

2.  A Academia Cearense de Letras realiza o Ciclo de Conferências de 2016. O Tema é "A cidade de Fortaleza na literatura" e você pode obter informações pelos telefones 3253 4275 e 3226 0326 ou pelo email acletras@accvia.com.br. Vão participar a escritora Ana Miranda, Nirez, José Borzacchiello da Silva e Oswald Barroso.

3. A Festa Literária de Aquiraz - Flaq - realizou um interessante debate sobre jornalismo cultural trazendo o editor do suplemento Pernambuco, Schneider Carpeggiani,  A Mesa "A ponte real entre o livro e o leitor" contou ainda com Nelson Lourenço e Dellano Rios. Foram debatidas a revolução pelo qual o jornalismo cultura vem passando em um cenário de crise econômica e de reinvenção da profissão.

4. Maracanaú vai receber o III Festival Nacional de Teatro de Rua do Ceará nos dias 23 a 27 de novembro, o evento é uma realização dos Grupos Garajal e Pavilhão da Magnólia e parceria com os festivais de Fortaleza e do Inhamuns, com apoio do Governo do Estado e da Prefeitura de Maracanaú.


sábado, 19 de novembro de 2016

Notas Tanto Faz

1.  Muitas vezes a imprensa é criticada pela ação de alguns jornalistas sem ética e comprometidos com o puxa-saquismo e os contratos de gaveta. Você passa a vida toda elogiando um determinado gestor e repentinamente o cidadão passa a ser atacado pela coluna do dito cujo jornalista. Essa semana um useiro e vizeiro da prática agiu com Maracanaú. Uma pena essa prática e não vai conseguir o objetivo, viu!

2. Parabenizar o Secretario Felipe Mota pela nomeação para cargo no Ministério do Turismo, referendado pelo trabalho realizado e pela Bancada Federal do PMDB. 

3. A semana foi  rica culturalmente para o município de Maracanaú com a realização do 6º FestCine, o lançamento do Sábado Cultural pela Academia Maracanauense de Letras, a vinda da Editora do Escritor Cearense à Maracanaú, a presença dos dois ex-governadores Gonzaga Mota e Lúcio Alcântara, escritores, a homenagem da Assembleia Legislativa aos escritores maracanauenses no Dia da Literatura Cearense e encerrando, na sexta-feira, o Prefeito Firmo Camurça recebeu a diretoria da Academia Maracanauense de Letras. A Academia informou ao Prefeito a conquista da Sede Própria, que será no antigo prédio do Circulo dos Operários Cristãos e onde funcionou a Câmara dos Vereadores. O prédio histórico é um dos mais antigos do município e preserva a história das grandes reuniões para a emancipação do município.

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

MARACANAÚ FORTALECE CULTURA COM EVENTOS DE CINEMA E CULTURA NA PRAÇA.


           
O movimento cultural de Maracanaú teve uma semana auspiciosa com a realização de dois eventos que colocaram os olhares da imprensa e das autoridades na cultura local e nos autores culturais de Maracanaú.
            No Teatro Dorian Sampaio foi realizado durante uma semana o 6º Festival de Cinema de Maracanaú, o FestCine Maracanaú. Foram inscritos mais de 300 filmes de todo o Brasil e a audiência contou com a parceria com as escolas municipais, principalmente a Universidade Operária, levando mais de 1.500 expectadores.
            O evento no encerramento contou com a presença do Prefeito Firmo Camurça e da Deputada Fernanda Pessoa, que se prontificou a repercutir o mesmo na Assembleia Legislativa do Estado.
            Já no sábado a cultura foi para a Praça e recebeu dois ex-governadores do Estado do Ceará. Gonzaga Mota e Lucio Alcântara participaram do lançamento do 1º Sábado Cultural, promovido pela Academia Maracanauense de Letras – AML, com apoio da Editora do Escritor Cearense e da Prefeitura de Maracanaú.
            Realizado na Praça Valdemar de Alcântara, local dos eventos do Grupo Garajal e ponto de cultura do município, contou com declamação de poesias, hip-hop, pastoril e a presença dos índios Pitaguarys.
            O Prefeito Firmo Camurça recebeu as reivindicações do segmento cultural e falou da satisfação em receber os dois ex-governadores no município e agradeceu a parceria com a Editora do Escritor Cearense.
            Esteve presente também o escritor Esio de Sousa, que apresentou o mais recente lançamento e a Deputada Fernanda Pessoa, que comunicou a Sessão em homenagem ao Dia da Literatura Cearense, quando serão homenageados escritores cearenses, dentre eles o Professor Geovani Gomes e Allan Kardec Marinho, ambos Presidente e Vice da Academia de Maracanaú.
            A Academia Maracanauense pretende estender o evento para as praças do município, uma vez por mês.
           

            

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Prefeito Firmo Camurça fala sobre Maracanaú e o momento atual.

         Em entrevista para a Revista da Federação das Industrias do Estado do Ceará - FIEC o Prefeito Firmo Camurça falou um pouco sobre a vitória nas últimas eleições e o momento atual das gestões públicas e do Estado do Ceará.
         Afirmou que vai redesenhar o momento administrativo de acordo com os recursos existentes e que a demanda de pessoal e crescente, já que com a abertura de um novo equipamento público gerá imediatamente uma demanda paralela.
          Há uma necessidade de enxugar a folha de pessoal e quem vem fazendo isso desde dezembro de 2015.
          Afirmou ainda que pretende realizou uma gestão melhor no segundo mandato e bem mais eficiente, começando por realizar o "dever de casa", ou seja, manter os serviços e as finanças organizadas e funcionando bem.
         Sobre o Desenvolvimento Industrial e o Distrito Industrial afirmou que vem atuando sempre em parceria, tendo criado as Secretarias de Desenvolvimento Econômico, que fica localizada no próprio Distrito, e a Secretaria do Trabalho, que realiza uma parceria na seleção de mão-de-obra especifica para cada fábrica, buscando o perfil ideal do operário.
        Lembrou que a mão-de-obra fica próxima ao Distrito Industrial, gerando economia e facilidade para as empresas e que desenvolve um trabalho de manutenção dentro da área, contribuindo na iluminação e melhoria das vias, além da ação da Guarda Municipal no apoio a segurança.
         Indagado sobre a situação atual de seca do estado, informou que é preocupante os reservatórios baixos e tem orientado as empresas a cavarem poços profundos e que contam com apoio da Secretaria de Meio Ambiente do Município.
          Referente as obras do Anel Viário, que prejudicam o acesso ao município, afirmou que o Partido da República (PR) administra o Ministério dos Transportes e que esteve recentemente no órgão federal e que vem contribuindo com o Governo Estadual para os entraves da obra sejam resolvidos rapidamente.
          Encerrou o Prefeito elogiando o Sistema S, coordenado pela entidade empresarial e que espera administrar Maracanaú com a parceria e união de todos.

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

6º Festcine Maracanaú homenageia Cinema de Rua

            O 6º Festcine Maracanaú estará homenageando, dia 11, o cineasta Manuel Natal, profissional que faz um cinema popular. Morador da rua 34 do Conjunto Jereissati, Manuel Natal envolve os vizinhos e amigos na produção dos seus filmes. Os longas "A Botija" e "Das trevas a luz" são exemplos de um cinema popular, realizado com a participação dos moradores, jovens e adultos, todos artistas amadores.
             Manuel apresenta ainda o programa de radio "Sem Script", na FM Maracanaú, 87.9, da 12 as 14 horas, aos sábados.
            Manuel Natal será homenageado com o Troféu FestCine Maracanaú, ao lado da Deputada Fernanda Pessoa e do Empresário Andre Eskinazi, da Empresa Viametro.

terça-feira, 8 de novembro de 2016

Maracanaú terá Sábado Cultural em novembro

      A Academia Maracanauense de Letras - AML e a Editora do Escritor Cearense, com apoio da Prefeitura Municipal de Maracanaú e do Jornal da Rua, estarão realizando o 1º Sábado Cultura, no dia 12 de novembro, com inicio as 16 horas. O evento será realizado na Praça Valdemar de Alcântara, próxima ao Banco do Brasil e da Escola Construindo o Saber, no Conjunto Jereissati.
       A programação constará de poetas, violeiros, Teatro e o grupo cultural dos índios Pitaguarys, além da presença dos ex-governadores Gonzaga Mota e Lúcio Alcântara.